Supercookies: Você está sendo rastreado na internet

 
 
webdigblog line

Os Cookies, são pequenos arquivos instalados em seu computador, por diversas empresas, enquanto você navega na internet, rastreando informações sobre os sites que você mais usa, local onde você vive, seus interesses etc.

supercookies Supercookies: Você está sendo rastreado na internet

As empresas utilizam os Cookies para direcionar a você publicidade ou conteúdo, acontece que alguns pesquisadores da Universidade de Stanford descobriram um novo tipo de cookie – ou os Supercookies.

Os Supercookies

Você pode apagar os cookies facilmente, ou restringir a sua inserção, mas um novo tipo de arquivo usado por algumas das maiores empresas como por exemplo o Google, ou a Microsoft podem estar rastreando você, eles utilizam seu histórico de sua navegação.

De acordo com um artigo publicado no The Wall Street Journal, esses Supercookies, são quase invisíveis e difíceis de serem eliminados.

cookie Supercookies: Você está sendo rastreado na internetIlustração

Desse modo, ficaria fácil para qualquer página monitorar a atividade dos usuários pela internet e também direcionar publicidade a sua navegação. Ainda de acordo com a matéria, sites como o MSN e o Hulu, estariam instalando secretamente os supercookies nos navegadores de seus usuários.

Os sites quando questionados afirmaram que não sabiam da existência deles ou que já haviam desativado o serviço, as empresas ainda prometeram investigar o caso, embora pareca uma atividade de uso “legal”.

Em um comentário por e-mail na última quinta-feira, Mike Hintze, representante legal da Microsoft, disse que a empresa tomou “medidas imediatas”, quando soube da presença dos chamados “supercookies” nas suas redes.

Privacidade

Os Supercookies são difíceis de eliminar, mas não impossível. Os Supercookies estão monitorando mecanismos que não dependem de cookies do navegador tradicional para armazenar dados de navegação do usuário. Esses cookies são difíceis de se livrar, não expiram por conta própria e podem armazenar uma grande quantidade de informação – tornando-os mais atraentes do que os cookies tradicionais de marketing de Internet e empresas de web analytics.

Por exemplo, enquanto um cookie HTTP armazena apenas 4KB de dados, Supercookies baseados em Flash podem armazenar até 100KB. Um dos usos mais polêmicos de supercookies tem sido a capacidade de recriar ou “re-spawn” ‘cookies que foram excluídos pelos usuários.

Como se proteger?

Os Flash cookies, também conhecidos como local shared objects (LSO) ou objetos compartilhados, são dados que normalmente são utilizados pelo Adobe Flash Player para armazenar certa quantidade de configurações relacionadas a este programa.

Os flash cookies guardam, por exemplo, informações sobre vídeos em Flash que você tenha assistido em determinados sites, músicas que tenham sido guardadas em cache, entre outras aplicações, e a melhor maneira de se proteger dos Supercookies, no momento é mesmo removendo eles.

Não existem no entanto formas de evitar que eles regressem.

Minha indicação:

Use uma própria ferramenta da Adobe online, clicando aqui é possível limpar as pastas onde os supercookies se instalam, mantendo assim sua privacidade pelo menos, “um pouco mais segura“. Pra finalizar redefina aqui no site da adobe suas configurações de privacidade do Flash.

Jefferson Meneses

Jefferson Meneses, é Designer e Editor-Chefe do Webdigblog. Programador web, e nas horas vagas blogueiro, é Geek de carteirinha e costuma brincar com Html5, javascript e Css3.

You may also like...

1 Response

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

css.php