YouTube pune gravadoras que inflavam número de visualizações de vídeos

 
 
webdigblog line

O Youtube chegou a remover 2 bilhões de visualizações de clipes musicais

Algumas gravadoras como a Sony, Universal e RCA terminaram sendo punidas pelo Google, além das gravadoras citadas todo mundo sabe que algumas práticas como compras de assinantes, visualizações, links e coisas desta natureza, vão contra as práticas é contra as regras de utilização dos sites da Google.

Hoje o YouTube acusou algumas das mais conceituadas gravadoras dos Estados Unidos de usarem alguns recursos ilegais para “aumentar” o número de visualizações de alguns clipes musicais, assim, eles conseguiam um maior destaque tipo: Top vídeos mais acessados no YouTube. Como esta punição, o Google, removeu mais de 2 bilhões de visualizações destes vídeos, todas, visualizações “ilegais” com puro intuito de conseguir uma maior popularidade.

24_youtube

Fonte da imagem: Social Blade

De acordo com informações da própria Google, foram removidas apenas as visualizações consideradas ilegais de algumas gravadoras com RCA, Universal e Sony. Que foram acusadas de usarem serviços como o Fiverr, que é especializado em aumentar a popularidade de conteúdo na internet.

Só a gravadora Universal perdeu aproximadamente 1 bilhão de visualizações somando alguns de seus vídeos, já a Sony foi penalizada e de seus quase 850 milhões de visualizações viu seu canal ficar com apenas 2,3 milhões e a RCA também chegou a perder quase 60 milhões de acessos.

Entre as regras do YouTube existe penalidades mais severas como a suspensão do canal, caso haja reincidencia na prática a qual estas empresas foram acusadas, até o momento do fechamento desta matéria as gravadoras não haviam liberado nenhuma nota oficial sobre o caso.

Com informações do DailyDot

Redacao webdig

Perfil da Redação, webdigblog: Um blog sobre tecnologia que acompanha o crescimento das redes sociais.

You may also like...

1 Response

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

css.php