Contra pirataria Disney e Sony alugam filmes ainda nos cinemas

 
 
webdigblog line

Em uma tentativa de conter a pirataria a Disney e a Sony, começam a alugar alguns filmes que ainda estão sendo lançados apenas nos cinemas.

sony warner bros disney logo slice Contra pirataria Disney e Sony alugam filmes ainda nos cinemas

As empresas estão testando um novo serviço de streaming na Korea do Sul, e como destacado pelo Wall Street Journal, os estúdios americanos são os primeiros a testar este tipo de serviço, permitindo aos consumidores comprar uma espécie de ticket para assistir aos lançamentos de filmes.

Há uma parceria com a Cox Communications Inc., Comcast Corp. e Time Warner Cable Inc., a ainda há intenção de fechar parceria com a Microsoft para o console Xbox e com a Sony para o PlayStation 3.

Com ele, você pode assistir filmes usando a Tv a cabo, Internet, ou satélite, os filmes Django Livre (Django Unchained), Detona Ralph (Wreck-it Ralph) e Valente (Brave), foram os primeiros a serem testados na época de seus lançamentos.

ceo disney Contra pirataria Disney e Sony alugam filmes ainda nos cinemas

O CEO da Disney Robert Iger, comentou que novos produtos devem ser testados para exibição via internet.

Em maio a versão cinematográfica de Tim Burton de Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland) quase não foi exibida nos cinemas do Reino Unido, depois que a Disney tentou reduzir o tempo de lançamento nos cinemas de 17 semanas para 12 semanas, com o intuito de antecipar o lançamento do DVD.

A Disney também realizou um teste de streaming em Portugal em 2010, foram 6 semanas de exibição para a animação Enrolados (Tangled), mas não repetiu a experiência até agora.

Com o oitavo maior mercado de cinema no mundo, a Coréia do Sul é um bom lugar para a Disney e Sony começarem a testar o novo modelo de exibição de filmes sob demanda.

Assistir lançamentos via Streaming

Por exemplo, você poderá assistir em casa, com a mesma qualidade de som e imagem, Universidade Monstros assim que estiver terminando a exibição nos cinemas pagando algo próximo aos $30.

Os estúdio pretendem testar o novo modelo fora da Ásia, atentos a filmes como o Homem de Ferro 3 que atingiram bilheterias nos EUA com $ 175.000.000 em apenas um fim de semana durante o lançamento, outros quatro grandes estúdios de Hollywood estão acompanhando de perto o novo modelo de exibição.

O novo modelo coloca pressão para os estúdios de Hollywood diminuirem o tempo de exibição de lançamentos alugando filmes via streaming com o intuito de reverter a pirataria em todo o mundo.

O que você acha da idéia, comente abaixo?

Crédito da imagem: Reprodução Matthew Staver/Bloomberg

Jefferson Meneses

Jefferson Meneses, é Designer e Editor-Chefe do Webdigblog. Programador web, e nas horas vagas blogueiro, é Geek de carteirinha e costuma brincar com Html5, javascript e Css3.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

css.php